Eis que seu padrasto te pede:

“já que você está vindo para Miami pode trazer o meu filho, por favor?”

Ai você, como boa enteada que, é diz: “claro que sim”

E resolve, pela primeira vez na vida, ser responsável por um viajante menor de idade.

Chegando na receita federal, o ser MENOR ( ele não vai gostar nenhum pouco da enfatizada nesse termo), já estava lindamente se tremendo com medo de dar algo errado nas suas tão esperadas férias e até porque ter eu como responsável dele não deve passar um sentimento de muita confiança mesmo, quando o cara da federal pega os papéis

olha….olha….olha de novo e fala “Não estou achando ….”

e por um minuto de silencio do cara, meu meio irmão, MENOR de idade fica vermelho, roxo, dá um passo pra trás eu penso que ele vai ter um treco quando o cara vira e “aaah deixa pra lá achei” e nesse segundo o MENOR tem o sentimento de “voltei a vida”.
Moço não faz essas coisas, quase enfarta o menino antes das férias dele, não podeeee!

Uma linda homenagem ao meu quase irmão João Barboza, obrigada por ter estourado a cota de risadas do meu dia e do dia daquele querido agente da federal o qual você nunca mais vai esquecer.

IMG_8081

Advertisements