Gente vamos ao post final da minha querida viagem a Tulum….

Tulum foi o reason why da viagem, então foi a cidade na qual nos baseamos e de lá saímos para alguns passeios….

Primeiramente falando de TULUM em si, vale super a pena ir nas RUÍNAS que tem lá, é lindo, uma vista paradisíaca, mas ATENÇÃO, NÃO vá de carro, vá de bike ou pegue um taxi, porque a fila para entrar no estacionamento é surreal….. você perderia mais de uma hora só para entrar e estacionar e ainda teria que pagar por isso, então vai de bike que é beeem melhor.

Eu não lembro exatamente os valores agora, mas a entrada regular é algo em torno de 60 pesos. Existe uma categoria diferenciada de entrada para quem quiser ir no horário do nascer ou do por do sol que é 200 e poucos pesos (acabamos fazendo o normal mesmo, mas acredito que SUPER valha a pena pegar um nascer ou um por do sol por lá, o único problema é conseguir acertar o dia em que o tempo estará bom para isso, pois lembre o tempo lá é crazy crazy).

unadjustednonraw_thumb_4d4unadjustednonraw_thumb_4d2

ANO NOVO, ainda falta um ano para ele chegar novamente, mas vai que você viu minhas fotos e está pensando em passar o ano novo por lá…… tivemos uma situação um tanto quanto inusitada, comprarmos ingresso com um mês de antecedência para a maior festa de Tulum, recomenda pelos próprios mexicanos e por alguns outros viajantes: NYE CALETA TANKAH, nos preparamos para essa festa, tudo lindo maravilhoso, até que terminando nossa janta de ano novo, pedimos para o cara do Malevo chamar um taxi pra gente, ele pergunta para onde nós vamos e quando respondemos ele falou “gente vocês tem certeza? Ouvi dizer que essa festa foi cancelada” é isso mesmo gente, aos 45 do segundo tempo, literalmente as 23h do dia 31/dez descobrimos que a festa havia sido cancelada.

Bom na mesma hora entrei no meu email e realmente tinha lá um email enviado NAQUELE MESMO DIA, a meia noite dizendo que eu tinha sido reembolsada no valor integral da festa …. cri cri cri…. bom o que descobrimos foi que o negócio de propina lá é BEM sério, e se você não pagar as pessoas certas eles não só podem, como eles efetivamente CANCELAM a maior festa de ano novo da cidade.

Sem pânico…. mentira com um pouquinho de pânico, pedimos ajuda para o cara do Malevo que nos recomendou ir para o Papaya Playa (um beach club super famoso e que tem a segunda maior festa da cidade), para lá fomos, deu tudo certo e conseguimos entrar ( depois de desembolsar 100 lindos dólares – apenas para sorrir, nada de open bar).

Mas assim gente, se você liga para tradição vai ficar um pouco decepcionado, porque NADA tem cara de ano novo, naturalmente as pessoas já não estão de branco, a final de contas só temos essa tradição no Brasil ( bom a gente estava de branco e dava pra ver a km de distancia que eramos brasileiras), mas não é só isso os caras não fazem nem contagem regressiva, no fogos e no champagne estourando pra todo lado, enfiiim a festa estava excelente, o lugar era incrível pé na areia ( conseguimos pelo menos pular nossas 7 ondinhas) e fomos abençoadas com um céu descomunalmente lindo naquela noite, mas assim lembrem-se NO TRADITIONS.

unadjustednonraw_thumb_635

Bom, agora vamos passear pelas outras cidades e é nessa hora que é importante ter um carro.

 

Primeiramente vamos falar de COBÁ, que fica aproximadamente à 43 km de Tulum, no caminho você passa por umas vilinhas de artesanato onde fizemos nossas poucas, mas super validas compras.

unadjustednonraw_thumb_5b9

Chegando lá é um parque grandinho vale alugar uma bike pra rodar tudo, você passa por várias ruínas menores até chegar a maior delas que por sinal você pode subir: SUBA, a vista é sensacional e a energia de tirar o folego de qualquer um.

Sinceramente estar ali no topo daquele lugar foi um dos momentos mais mágicos da viagem (especialmente porque tive o prazer de fazer isso no dia 31/dez), pegamos uma senhora chuva enquanto estávamos lá e isso fez a experiência ainda mais marcante e maravilhosa.

unadjustednonraw_thumb_5ffunadjustednonraw_thumb_595

Na entrada do parque tem um restaurante delicinha, vale super a pena comer por lá, comida mexicana mara e de quebra na porta do restaurante tem um fish spa, aqueles aquários com peixinhos que comem peles mortas, já tinha feito antes da Tailandia e super recomendo.  O tiozinho dono do fish spa também vende mascaras de argila (usada e aprovada) e é um italiano super simpático, senta, relaxa e tenha uma boa proza com ele.

E um obs muito especial, na volta para TULUM PARE nas barraquinhas de ABACAXI, não tem como explicar o quanto os abacaxis daquele lugar são maravilhosooos!

unadjustednonraw_thumb_583

Na volta de Coba paramos no GRAND CENOTE, o único que fomos nessa viagem, a experiência de fazer snorkel no cenote é muito legal, mas como fomos em alta temporada e estava muito cheio confesso que não me animei de ir em outros, vale a ida com certeza especialmente se for em uma época com menos gente e assim, como só fui em um não posso falar de todos eles, mas são MUITOS, é só sair dirigindo no que eles chamam de “rota dos cenotes” e ir parando naqueles com os quais você for com a cara, com o nome ou nos que tiverem te indicado ;D

 

LAGUNA BACALAR, esse lugar foi uma dica INCRÍVEL de uma amiga apaixonada pelo México, Marina MUITOOOO obrigada.

Bom gente é uma lagoa, conhecida por seus 7 tons diferentes de azul, é impossível descrever em palavras a beleza do lugar. TEM QUE IR PRA VER.

Fica ha umas 3 horas de Tulum, mas vale cada Km dirigindo, vale até ficar uma noite lá se achar melhor.

Saímos super cedo já que era longinho e como eu disse para vocês não tem como tomar café da manhã em Tulum antes das 8 da matina, sendo assim demos uma super sorte e achamos na estrada, literalmente um “ACHADO” chamado Dharmata, um restaurante gracinha, praticamente no meio do nada, com uns omeletes maravilhosos e acreditem se quiser, com WIFI.

Chegando em Bacalar optamos por ficar no Cocalitos que é um camping com restaurante, você paga 45 pesos para entrar e poder usar a estrutura deles, passamos literalmente o dia inteiro lá de “boas na lagoa”, tem uns balancinhos para brincar e obviamente tirar fotos incríveis, tem pedalinho e kaiake para serem alugados e de resto é sentar e relaxar.

O lugar tem uma carinha super simples, mas PENSE em uma comida MARAVILHOSA, comi um peixe assado que eu salivo só de lembrar, SÉRIO GENTE, TEM QUE IR.

unadjustednonraw_thumb_548img_1242

CHICHEN ITZA – o passeio mais famoso da Riviera Maia e sim IMPERDÍVEL.

Dicas: chegue muito cedo, o parque abre as 8h, então esteja na porta as 8h, ou você vai se deparar com uma fila GIGA; esteja bem descansado, nada de noitada na noite anterior, é quente pacas, você vai andar bastante; e levem todas as câmeras muito bem carregadas, você vai tirar uma quantidade absurda de fotos, os detalhes e a arquitetura são impressionantes.

Lá é outro ponto para comprar presentinhos se quiser, tem muitaaa gente vendendo artesanatos locais, cerâmicas, prata e afins.

Sobre comidinhas, na ida paramos em um hotel chamado Mayab para tomar café da manhã, o cardápio é limitado, basicamente só ovos, mas da para o gasto.

Já na saída do parque almoçamos no Pueblo Maya, um buffet “all you can eat” por APENAS 150 pesos, gente SÉRIO 150 pesos, tipo U$7,00, é muitooo barato e a comida estava uma deliciaaa, ainda tivemos direito a apresentações de dança local, é o tipo de restaurante que todos os ônibus de excursão param, então recomendo estarem lá para almoçar antes das 14h que depois começa a lotar.

unadjustednonraw_thumb_701unadjustednonraw_thumb_71e

 

Já a caminho de Tulum paramos em PLAYA DEL CARMEN, é uma cidade já BEM mais voltada para o turismo, mas onde eu teria facilmente passado uns 2 ou 3 dias, bem animadinha, cheia de bares e restaurantes, é um lugar mais badaladinho mesmo, já não é aquela paz relaxante de Tulum. Almoçamos no Mi Pueblo Cocina Mexicana, sem sombra de dúvidas, meu restaurante PREFERIDO da viagem, comida mexicana maravilhosa, atendimento espetacular, cerveja geladíssima, musica animada, uma vistinha lateral para a praia, INCRÍVEL de verdade.

unadjustednonraw_thumb_80eunadjustednonraw_thumb_81c

ISLA MUJERES – Fomos para Isla Mujeres saindo de Cancun, existe uma empresa chamada Ultramar que faz o ferry entre Cancun e Isla, existem 3 portos diferentes em Cancun e você pode escolher o mais próximo de você (consulte os horários no site antes de sair do hotel, para não ficar esperando atoa quando chegar no porto). Achei Isla um lugar extremamente fotogênico, não só o mar em si, mas também cada cantinho, cada esquina, cada casa, tudo é um charme. Assim que sair do porto alugue um carrinho de golf e seja feliz rodando pela cidade, eu sinceramente não ficaria hospedada lá, achei ideal conhecer o lugar em apenas um dia, acho que ele é muito mais um lugar fotogênico do que um lugar bom para curtir praia ou algo do gênero. Existe um passeio muito interessante (que por questões pessoais não tive oportunidade de fazer dessa vez) que é um passeio de snorkel em um museu submerso no meio do oceano, o passeio completo demora 3h, não consegui fazer, mas acredito que valha a pena.

unadjustednonraw_thumb_858unadjustednonraw_thumb_90a

Nosso último destino CANCUN, onde ficamos 3 dias em um maravilhoso hotel ALL INCLUSIVE, e gente acreditem é ALL mesmoooo, incluindo bebidas alccolicas, PENSEM, voltei com cirrose praticamente.

Cancun na minha opinião já é muitooo tomada pelo turismo massificado então não é uma cidade que encha meus olhos, ir de carro até o centro te da a impressão de estar em uma mistura entre Miami e Las vegas, as ruas até lá são totalmente iguais as de Miami, no caminho você começa a ver uns restaurante americanos tipo Bubba Gump e Outback e quando você chega no centro em si são restaurantes, bares e muitas luzes a la Las Vegas, enfim prefiro ir para Miami ou para Las Vegas ao invés de curtir aquela tentativa de mistura criada ali.

MAS achei Cancun um lugar excelente para ficar em um resort desses all inclusive e LITERALMENTE relaxar sem a menor necessidade de sair do hotel.

Essa foi exatamente a nossa ideia, pegamos os últimos 3 dias ali e ficamos praticamente enfurnadas no hotel, com aquela praia maravilhosa aos nossos pés, comida pra dar e vender e bebidas all the time, não precisávamos de mais nada nessa vida, saímos realmente apenas para comprar umas lembrancinhas no último dia, onde por sinal conhecemos a TEQUILA STORE, que é a única lojinha de Tequila na “feirinha” que tem ali no centro ( na frente do Hard Rock Café e pertinho do Coco Bongo), gente se quiser ficar beudinho é só ir comprar umas tequilas ali, porque o cara te deixa experimentar TUDO que ele tem no mostruário hahaha, super recomendo ele foi muito atencioso, explicou a diferença entre as tequilas, recomendou a melhor para cada gosto, enfim passem lá para fazer o arremate final de lembrancinhas ;D

unadjustednonraw_thumb_950

Bom gente POR HOJE É SÓ, e sobre a minha querida viagem ao México também ;D

 

Em breve volto com mais dicas, dessa vez sobre a Tailandia ( tchan tchan tchan tchan…. a tão esperada Tailandia)

 

Se ainda quiserem saber algo em particular sobre a minha experiência no México e especialmente sobre a encantadora Tulum just let me know ;D

Advertisements